A Força da Oração, Mística e Espiritualidade – Refletindo o décimo primeiro exemplo bíblico.

5.11.1. DÉCIMO PRIMEIRO EXEMPLO – EVANGELHO DE MATEUS CAPÍTULO 4, VERSÍCULOS DE 1 A 11
1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.

2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.

3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.

4 Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.

5 Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, 6 e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.

7 Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.

8 Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; 9 e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.

10 Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.

11 Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram.

5.11.2. REFLETINDO SOBRE A ORAÇÃO, MÍSTICA E ESPIRITUALIDADE – NO DÉCIMO PRIMEIRO EXEMPLO
Para preparar para sua missão Jesus precisou de um encontro intenso com o Pai e assim se fortalecer para viver sua grande espiritualidade. Jejuou durante quarenta dias e noites. Este evangelho nos mostra que por mais que tenhamos que lutar pela libertação da pobreza, miséria, e temos mesmo! Somos muito mais que nossas lutas, por isso não só de pão vivemos, mas vivemos daquele que pode nos saciar de todos os nossos desejos, aspirações e sentimentos.

Referência Bibliográfica:
O texto foi tirado do livro: A Força da Oração, Mística e Espiritualidade de autoria de Pe. Emanuel Cordeiro Costa. Pagina 61. Fundação Biblioteca Nacional – Registro: 512.640 – Livro 971 Folha: 477.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *