EVANGELHO DE MATEUS CAPÍTULO 6, VERSÍCULO 16 A 18

16 Quando jejuardes, não vos mostreis entristecidos como os hipócritas; porque eles desfiguram os seus rostos, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.

17 Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, 18 para não mostrar aos homens que estás jejuando, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

Por meio do jejum podemos viver uma mística  bem disciplinada, mas na sinceridade do nosso coração e na profundidade do encontro com Deus que dispensa a recompensa da justiça humana reconhecendo o nosso jejum.

 

Referência Bibliográfica:
O texto foi tirado do livro: A Força da Oração, Mística e Espiritualidade de autoria de Pe. Emanuel Cordeiro Costa. Pagina 74. Fundação Biblioteca Nacional – Registro: 512.640 – Livro 971 Folha: 477.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *