MATEUS CAPÍTULO 15, VERSÍCULOS 8 E 9 DIZ:

8 Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim.

9 Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homem.

Jesus nos chama atenção quanto oração e mística, proclamada e repetida com os lábios, mas o coração, o lado profundo de nosso ser não está sintonizado nele.

O fato de repetir e dizer várias vezes com os nossos lábios eu amo Jesus nem sempre significa que nosso coração, nossa alma, e todo nosso ser possa ter esse sentimento. E muito menos significa que esse amor se dá concretamente na prática vendo esse Cristo na pessoa do irmão

 

Referência Bibliográfica:
O texto foi tirado do livro: A Força da Oração, Mística e Espiritualidade de autoria de Pe. Emanuel Cordeiro Costa. Pagina 66. Fundação Biblioteca Nacional – Registro: 512.640 – Livro 971 Folha: 477.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *