V – Pantominésia

(Este artigo de autoria de Pe. Emanuel Cordeiro Costa, está em processo de registro pela Fundação Biblioteca nacional, Protocolo 2017RJ23890.)


5.1 Escolas de Parapsicologia.

A “Escola de Parapsicologia” de Pe. Quevedo que é de linha Teórica, pois reúne contribuições das outras escolas todas (Aqui me refiro as Escolas de Parapsicologia Fora do Brasil). Tenho um artigo neste site sobre as Escolas de Parapsicologia Fora do Brasil, é interessante o internauta lê-lo para compreender o que digo aqui. Pois no Brasil, cada escola quase se consideram a única, com a escola do Quevedo o mesmo se dá. Ela reconhece como “única” escola de Parapsicologia Autentica. Ela trabalha mais um tema dos Fenômenos Extranormais de Conhecimento que é a Pantominésia.


5.2 O termo Pantominésia.

Do grego “mnésis” que quer dizer memória e “Panton” que quer dizer todas as coisas. Então Pantominésia quer dizer etimologicamente “a memória de tudo”.

5.3 O inconsciente tem uma gigantesca memória.

No ser humano o nosso lado inconsciente tem uma grande, gigantesca memória, onde se registra tudo, guarda tudo. Para a Escola de Parapsicologia de Quevedo, grava tudo desde a impressões mais remotas, antes mesmo do uso da razão (primeira infância), até a morte. Por isso, se fala pouco, mas fala em “regressão de idade”. Pe. Edivino diz que foram feitos estudos com crianças com poucos dias de vida e posteriormente constatou já memória inconsciente.

5.4 Memória Consciente e Inconsciente = montanha de gelo

Ao falar da memória se compara a uma montanha de gelo chamando-a de “iceberg”. A pequena parte que aparece na superfície do mar passa a se chamar memória consciente. A parte de baixo da superfície, que é enorme e não se vê da montanha de gelo chamamos de inconsciente, ou memória inconsciente. Algumas situações, algumas coisas, traz a memória consciente o que está gravado no inconsciente, como em estado alterado de consciência. Há determinado fatos e acontecimentos que faz vir à tona para o consciente, movendo esta montanha.

“Intuições” ou “inspirações” que ocorrem momentaneamente, são lembranças daquilo que pensamos e vivemos em ocasiões anteriores e passaram despercebidas pelo consciente.


5.5 Pantominésia

É esta capacidade de o inconsciente guardar tudo. Ter memória de tudo.

5.6 Fenômenos concomitantes

É possível e constantemente ocorre a existência concomitante da Pantominésia e da Hiperespesia, como de outros Fenômenos Parapsicológicos. O que faz o inconsciente ter um aumento considerável de informações. Sendo que os atos psíquicos tanto normais e extranormais, os paranormais, os conscientes ou não, arquivam-se definitivamente no inconsciente. Lembra os estudiosos desse tema, arquivam no inconsciente informações desde a formação (mielinização) dos nervos.

5.6.1 “Déja Vu”.

Um Fenômeno dentro deste é o “Déja Vu”.  A pronuncia é Déjà vi. Vem do francês. Significa “já visto”. É uma reação que o indivíduo tem que faz com ele sinta que já esteve naquele lugar, sem jamais ter ido, ou que conhece alguém, mas que nunca a viu antes.

Explicações para o Déja Vu:

–  Pode a pessoa já ter visto mesmo e ficou gravado no seu inconsciente por Pantominésia, mas conscientemente não tinha lembrança.
– Pode também ocorrer por hiperestesia. Uma informação é captada de outra pessoa, que esteja por perto a menos de 50 metros.
– A disritmia cerebral pode ser a causa também. Ela altera a frequência dos estímulos levados dos sentidos ao cérebro. O estimulo vai primeiro para o lado direito do cérebro, que é mais intuitivo e depois para o esquerdo, mais racional…
– é possível que ocorra também precognição, clarividência e sugestão telepática.

Conclusão

Neste artigo tratei do tema procurando dar uma conceituação breve do assunto. Em outros artigos exemplificarei esse tema o que o tornará a um pouco mais claro e compreensivo.

Referências

QUEVEDO, Oscar G. A Face Oculta da Mente. 19ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP, 2003.

FRIDERICHS, Edivino Augusto. Panorama da Parapsicologia ao Alcance de Todos. 5ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP. 1997.

FILHO, Pe. Raimundo Elias. Mistério do Aquém e do Além à Luz da Parapsicologia. 2ª edição, Editora Paulus, São Paulo – SP, 2003.

MILAGROSA, Medalha. Boletim de Parapsicologia – Pe. Quevedo – Ativo em 05/11/17
http://medalha.tripod.com/parapsicologia/boletim12.htm

QUEVEDO, Instituto Pe. Pantominésia – A Memória do inconsciente. Site Ativo em 06/11/17.
http://institutopadrequevedo.com.br/?portfolio=pantomnesia-a-memoria-do-inconsciente

 

Autor: Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico – SINPASC – 409.
Especialização – Lato Sensu em
Orientação Parapsicológica Social e Institucional
Pela FAVI – Faculdade Vicentina – Curitiba – PR.
Psicoterapia Holística: Hipnose
Terapeuta Holístico Credenciado – CRT 48326
– Paroquia Cristo Libertador
Ipatinga – MG – 12/12/2017

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *