Psi-Gamma – (Percepção Extra-sensorial) – Nº 3.

 

             No artigo número 1 deste tema, um dos tópicos desenvolvidos tem como subtema: “Limite Existencial ou Vital”. Onde a Escola de parapsicologia ligada ao Pe. Quevedo, reconhece que os fenômenos Psi-Gamma ou Percepção Extra-sensorial não se prende ao tempo e espaço, porém por mais interessante que sejam esses fenômenos, acabam se limitando de alguma maneira a um certo tempo e espaço. Caso o internauta queira compreender melhor esta afirmativa desta escola, leia o número 1 do artigo com este tema como já frisei inicialmente.
            Pe. Edvino, grande parapsicólogo, já falecido, era ligado a escola de parapsicologia de Pe. Oscar Quevedo. Em relação a distância nos dá alguns exemplos, mostrando que o Psi-Gamma ou Percepção Extra-sensorial se limita ao nosso planeta terra:

Primeiro exemplo:
            “No nosso planeta psi-gama independe da distância. Foram levados a efeito experiências de poucos metros, dois quilômetros, de cinco, de dez, de cinquenta, de setecentos e cinquenta e até mesmo de seis mil e quinhentos quilômetros (6.500!) entre Durham, USA, e Zagreg, na Iugoslávia, e não houve praticamente, nenhuma diferença no resultado. Experiências feitas em submarinos, que como é sabido, são hermeticamente fechados, deram certo”. (FRIDERICHS, 1997, p. 62)

Segundo Exemplo:
             “Werner Keller, por exemplo, conta em sua obra: “O que ontem ainda era tido por milagre (Was Gestem noch als Wunder galt), de experiência bem-sucedida com um submarino, nas profundezas do mar, ao sul da Flórida, estando o metagnomo em Zurique, na Suíça. Tudo isso é de molde a provar que psi-gama não conhece obstáculos de espécie alguma”. (FRIDERICHS, 1997, p. 62).


Terceiro Exemplo:
            Este terceiro exemplo de Psi-Gamma, publicado em livros e revista, que extrapola a dimensão do planeta terra por exemplo, Pe. Edvino faz questão de ressaltar que não foi cientificamente bem conduzido. Ele dá o exemplo e faz a seguir o comentário:
           “Parece admissível como hipótese que o espaço exterior também possibilita a transmissão paranormal. Na viagem espacial de Apolo 14, em inícios de fevereiro de 1971, o astronauta Edgar D. Mitchell, tanto na ida, a 1 e 2 de fevereiro, como na volta, a 8 e 9 do mesmo mês, emitiu respectivamente duas transmissões psigâmicas cada vez, que foram captadas por quatro metagnomos no nosso planeta”. (FRIDERICHS, 1997, p. 62).
               Explicação deste terceiro exemplo dado por Pe. Edvino:
“Esteja prevenido o leitor. Esta informação aparece muito em livros e revistas, mesmo em autores de certa seriedade. Entretanto, as experiências com Mitchell não foram cientificamente bem conduzidas e não provam o que pretendiam.

            Para evitar toda explicação retro cognitiva ou precognitiva terra-terra e temos a certeza que de fato, a comunicação foi terra-lua, Mitchell nunca deveria ter saído da terra, nem voltado à terra, nem entrar jamais em comunicação com algum terrígeno.
            Até admitirmos transmissões da lua ou do espaço exterior como fatos provados é preciso, naturalmente, haver um número muito superior de experiências.
            Portanto, já é pacífico que psi-gama vence toda e qualquer distância no nosso planeta. Experiências em série, realizadas a pequenas, a médias ou a enormes distancias provaram que aqui no mundo as faculdades telepáticas independem do espaço”. (FRIDERICHS, 1997, p. 62).

Conclusão
                Cada artigo com este mesmo título: Psi-Gamma ou Percepção Extra-sensorial, este número 3, tem como objetivo ajudar o internauta a ir gradativamente conhecendo melhor este assunto bem complexo. Você internauta não é passivo frente o texto que lê, mesmo não sendo parapsicólogo vai tirar com sabedoria, inteligência, suas conclusões, podendo ou não concordar com o artigo em parte ou na íntegra.

 

Referência Bibliográfica
FRIDERICHS, Edvino Augusto. Panorama da Parapsicologia ao Alcance de Todos. 5ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP. 1997.

 

Autor: Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico – SINPASC – 409.
Especialização – Lato Sensu em
Orientação Parapsicológica Social e Institucional
Pela FAVI – Faculdade Vicentina – Curitiba – PR.
Psicoterapia Holística: Hipnose –
Terapeuta Holístico Credenciado – CRT 48326
– Paroquia Cristo Libertador
Ipatinga – MG – 18/02/18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *