PreCognição – número 8 – Falsa PreCognição: Hiperestesia

 

Introdução
                    Sobre os vários artigos que tenho publicado aqui ligados a PreCognição e a Pseudoprecognições, este é mais um na visão da Escola de Parapsicologia ligada ao parapsicólogo Pe. Quevedo. Para facilitar a compreensão deste artigo sugiro ao internauta ler neste mesmo site outros artigos publicados sobre Hiperestesia Direta (HD) e Hiperestesia Indireta do Pensamento (HIP). Então compreendera que quando ocorre fenômenos parecidos como Hiperestesia, temos que os distinguir de PreCognição, e de outros mais, senão vamos ter um fenômeno como PreCognição, mesmo não sendo, às vezes sendo Hiperesetesia, tornando-se como uma falsa PreCognição.

Sobre as PreCognições
               Aqui, nos artigos anteriores, especial dos números 4 a 7, sobre as Falsas PreCognições, vimos algumas explicações “normais” das aparentes PreCognições ou conhecimento direto do futuro. Também Fenômenos parapsicológicos extranormais e até paranormais podem explicar muitas aparentes PreCognições. Um desses Fenômenos que pode passar por PreCognição, é justamente a Hiperestesia tanto direta quanto a Indireta.
                Sobre os Fenômenos Extranormais de Conhecimento, caso o internauta queira ter noção e compreender melhor o assunto, sugiro que também leia duas matérias publicadas neste mesmo site que são: I – Breve comentário dos Fenômenos Extranormais de Conhecimento e Segunda Parte – classificação dos Fenômenos Paranormais ou Parapsicológicos (continuação).

Um exemplo de Hiperestesia que pode passar por PreCognição.
                    “O senhor Vicente Sassaroli, diretor de um grupo de músicos na cidadezinha de Sartano, anunciou um dia que o local dos ensaios iria ruir. Era a casa do cônego Bacherini: Sassaroli, completamente convencido do que anunciara, insistiu para que um arquiteto competente examinasse a casa. Não se encontrou nada de anormal, e foi ridicularizada a estupidez e covardia de Sassaroli. Um dia Sassaroli repetiu sua predição com certa solenidade. Riram-se dele, taxando-o de visionário. Mas logo que os músicos saíram à rua, depois do ensaio, a casa desmoronou. Há uma relação abundante e detalhada de testemunhos do fato”. (QUEVEDO, 2003, p 231-232).


Explicação do Exemplo acima

                 O exemplo acima  na visão da escola de parapsicologia ligado ao Pe. Quevedo, não é PreCognição, mas de Hiperestesia. Falo assim, porque outras escolas de parapsicologia, tem outras explicações, classificações e compreensão. Como já citei aqui neste site em outros artigos, a Escola de Parapsicologia ligada ao Sistema Grisa, não trabalha com esta categoria: Hiperestesia.
                 Voltando ao exemplo anterior do senhor Vicente Sassaroli. Aqui se explica o acontecido por hiperestesia. Ele, inconscientemente, captava vibrações e barulhos mínimos, sintomas do posterior desmoronamento. Veja a explicação de Pe. Quevedo:
               “Sassaroli não podia determinar o ponto fraco da casa, nem sequer sabia que estava fraca em alguma parte. Simplesmente o inconsciente captava vibrações esquisitas, barulhinhos mínimos, os sintomas do próximo desmoronamento da casa, surgindo apenas no consciente uma ideia vaga de ameaça de desabamento, sem se concretizar o dia”. (QUEVEDO, 2003, p 232).

 

Conclusão
                    Este artigo como os demais, sobre as Falsas PreCognições, vem de encontro a vários fatores, fenômenos extranormais de conhecimento, neste caso, Hiperestesia que não sendo bem identificados, passa por PreCognição. Na visão da escola de parapsicologia ligada ao Pe. Quevedo, as PreCognições autenticas são raras, o que diverge da visão de outras escolas de parapsicologia. O importante que cada estudo que apresento aqui neste site, possa contribuir para que o internauta não se prenda a divergências das escolas de parapsicologia e sim saiba que o fenômeno existe, mas tem a sua complexidade, e não devemos ter um conhecimento estreito, reduzido e simplista do assunto.

Referências Bibliográfica
QUEVEDO, Oscar G. A Face Oculta da Mente. 19ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP, 2003.

FRIDERICHS, Edivino Augusto. Panorama da Parapsicologia ao Alcance de Todos. 5ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP. 1997.
FILHO, Pe. Raimundo Elias. Mistério do Aquém e do Além à Luz da Parapsicologia. 2ª edição, Editora Paulus, São Paulo – SP, 2003.

Autor: Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico – SINPASC – 409.
Especialização – Lato Sensu em:
Orientação Parapsicológica Social e Institucional
Pela FAVI – Faculdade Vicentina – Curitiba – PR.
Psicoterapia Holística: Hipnose
Terapeuta Holístico Credenciado – CRT 48326
– Paroquia Cristo Libertador
Ipatinga – MG – 14/03/18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *