PreCognição – número 10 – Falsa PreCognição: Eautoscopia


Introdução
            Assim como abordei no tema anterior sobre Autoscopia, na linha da corrente de parapsicologia ligada ao Pe. Quevedo, o fenômeno deste artigo é bem parecido com o anterior, pois a Eautoscopia também não é uma Precognição, mesmo dando a entender que seja.


Sentido da palavra
Eaucopia vem de: scopeo = ver, e de eautós = a mim mesmo.


O que é.
              A pessoa tem uma visão alucinatória do próprio interior projetada no exterior.

Visão negativa dos fenômenos
            Para Pe. Quevedo e sua escola de parapsicologia, tanto a Autoscopia como a Eautoscopia são vistas como fenômenos negativos e não positivos. Por que? Na explicação daqui para frente o internauta verá.

Voltando a Autoscopia.
            Na sequência de publicações neste site, ela apareceu no artigo anterior. Caso tenha dúvida é só consultá-lo.
            No seu livro “A Face Oculta da Mente”, Pe. Quevedo dá um exemplo do pintor Giovanni Segantini. O fenômeno é apresentado como negativo porque o pintor começou a manifesta-lo, mas sentia só de modo inconsciente a enfermidade, não sendo possível ainda diagnóstico médico, nesta face inicial. Faz alegorias com suas pinturas com isso representando o seu quadro. Alguns dias depois descobre sua doença e treze dias depois morre. Por isso, a Autoscopia é vista de modo negativo pelo parapsicólogo Pe. Quevedo.

Eautoscopia
            “Uma pessoa sonha com o seu esqueleto saindo do corpo e entrando novamente nele. Conta o sonho aos amigos, que o acham engraçado, e, dias depois, acaba morrendo surpreendentemente”. (FILHO, 2003, p. 39).
            Assim como na Autoscopia, também na Eautoscopia, Pe. Quevedo para chamar atenção que o fenômeno é negativo, dá um exemplo parecido com o do pintor na Autoscopia. Ele conta que: “O Sr. Hurtinton, uma noite, apesar de sua boa saúde, vê em sonho seu próprio esqueleto, que de fora do seu corpo olha para ele fixamente… (QUEVEDO, 2003, p. 233). Quinze dias depois era enterrado…


Conclusão

            Volto novamente, também neste artigo dizer a você internauta que se trata uma síntese. Para conhecer mais o assunto, inclusive com a citação clara dos exemplos, convido você a ler os livros citados na Bibliografia abaixo, especialmente o livro “A Face Oculta da Mente”.
            Mesmo resumido, creio que deu a você internauta uma clara noção do seja Eautoscopia.

 

Referência Bibliográfica:
QUEVEDO, Oscar G. A Face Oculta da Mente. 19ª edição. Edições Loyola, São Paulo – SP, 2003.

FILHO, Pe. Raimundo Elias. Mistério do Aquém e do Além à Luz da Parapsicologia. 2ª edição, Editora Paulus, São Paulo – SP, 2003.
                                                

Autor: Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico – SINPASC – 409.
Especialização – Lato Sensu em:
Orientação Parapsicológica Social e Institucional
Pela FAVI – Faculdade Vicentina – Curitiba – PR.
– Psicoterapia Holística: Hipnose –
Terapeuta Holístico Credenciado – CRT 48326
– Paroquia Cristo Libertador
Ipatinga – MG – 19/03/18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *