Viver a Semana Santa

(Formação Litúrgica)

Para muitos, um feriado; para outros, uma devoção; para o comércio, oportunidade fantástica de vendas; para outros ainda, um momento especial de meditação, oração e renovação da fé. E para você, o que significa “viver a Semana Santa”? Existe um jeito, um lugar, um momento muito especial no qual aprenderemos a “viver a Semana Santa”. É o que nos aponta o Papa Paulo VI: “Se há uma liturgia que deveria encontrar-nos todos juntos, atentos, solícitos e unidos para uma participação plena, digna, piedosa e amorosa, esta é a liturgia da grande semana. Por um motivo claro e profundo: o Mistério Pascal, que encontra na Semana Santa a sua mais alta e comovida celebração, não é simplesmente um momento do Ano Litúrgico; ele é a fonte de todas as outras celebrações do próprio Ano Litúrgico, porque todas se referem ao mistério da nossa redenção, isto é, ao Mistério Pascal”. Eis o sentido do que significa “viver a Semana santa”: fazer memória do mistério do amor de Deus que se manifestou na entrega confiante de Jesus ao pai, até a morte na cruz, por fidelidade a sua missão. Mais ainda, significa celebrar o mistério do amor de Deus que sustentou Jesus em seu calvário e o ressuscitou, o glorificou, o fez sentar-se á sua direita, constituindo-o Cristo, Messias e Senhor. “Viver a semanas Santa” significa fazermos memoria destas ações maravilhosas de Deus. Mais, sabermos que estamos “revivendo” todos esses fatos. “De geração em geração, cada um de nós é obrigado a ver-se a si próprio, com os olhos penetrantes da fé, como tendo ele mesmo estado lá no Calvário, na primeira sexta-feira santa, e diante do sepulcro vazio, na manhã da ressurreição. Hoje, todos nós, aqui reunidos para celebrar a eucaristia, estamos lá, prontos a morrer na morte de Cristo e a ressuscitar em sua ressurreição. Será exatamente nossa comunhão com o corpo sacramental do verdadeiro Cordeiro que nos tornará realmente presentes àquele eterno presente” (Césare Giraudo, Redescobrindo a Eucaristia. São Paulo, Loyola, 2002, p.83).

 

Fonte: Igreja em oração. Nossa missa no dia a dia – ano V – nº 52 – p. 151 – abril 2019– Edições CNBB. Extraído de Viver a Semana Santa de Pe. Carlos Gustavo Haas, publicado em liturgia em Mutirão II, subsídio para Formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *